Contos Eroticos ,fotos caseiras e o melhor do sexo amador

Como perdi meu cabaço

em Contos eróticos com fotos Bucetuda Gostosas Caseiras Sexo Amador

Como perdi meu cabaço

Oi meus amores!.

Meu nome é Estéfani, tenho 19 anos, sou de origem alemã, moro em Santa Catarina.
Vou contar como iniciei minha vida sexual, e me tornei uma acompanhante de luxo, (garota de programa)
os nomes de terceiros que irei citar são ficticios para não comprometer ninguém.
Vamos voltar a 7 anos atras como tudo começou; no pátio da escola em Urubici, um grupo de meninas
conversam animadamente, vou ver o que se trata, elas estão falando quem já estão se masturbando, a maioria
falou que já, uma delas me pergunta e você Estéfani, eu fiquei sem jeito e respondi que já, na verdade eu nem
sabia o que era ! eu tinha 12 anos, vocês sabem sempre tem as meninas maiores que já sabem destas coisas.
Na volta pra casa no ônibus, eu sentei junto com uma amiga, e perguntei pra ela como se masturbar,
ela me explicou.
Chegando em casa na área rural, na fazenda dos meus pais onde eles cultivam pomares de maçãs e verduras
para o comércio; fiquei com aquilo na cabeça, mas sabem como é eu tenho que ajudar meus pais na lavoura.
A noite no quarto durmo com a minha irmã de 8 anos em cama separada; enfiei a mão dentro da calcinha
e comecei a cariciar minha vagina, passava a mão nos lábios, mas não estava sentindo nada ! então comecei
a esfregar a mão mais em cima e comecei a sentir um prazer incrível ! minhas cochas começaram e tremer,
minha vagina dava contrações, começou a escorrer um líquido dela, estava quase gritando, como não
imaginei fazer isto antes? algo tão simples; e assim foi fiquei viciada, ficava me masturbando durante o dia
também escondida no galpão no meio da plantação aonde eu podia.
Passado um ano agora com 13 anos estava a flor da pele com interesse em garotos, e homens, enquanto
me masturbava ficava imaginando como seria beijar chupar um pau e ser chupada, estava com vontade
de levar um pau na buceta.


Meu pai tinha um amigo de longa data ele sempre vinha lá em casa pegar as maçãs na safra,
para revender, o senhor Vitor ele tem 55 anos.
Sábado 08: horas estou sozinha em casa meus pais e minha irmã foram a um posto de saúde, estou na cozinha
lavando a louça do café, ouço uma buzina, um caminhão está em frente a porteira de casa, vou lá ver, é o senhor
Vitor, ele falou vim pegar as maçãs combinei com seu pai ontem, e agora pensei eu, se não deixar ele entrar meu pai
vai ficar puto comigo, então falei ta bom o senhor estaciona em frente ao galpão e pega o que foi combinado;
ao estacionar fui falar com ele, como estava a família estas coisas, ele ficou me olhando de baixo a cima e falou
nossa Estéfani como você cresceu está uma mocinha, já tem namorado? eu tenho dois filhos um de 17 e outro 19,
querendo insinuar pra eu conhecer os filhos dele, ele não parava de me olhar, eu estava
de saia bem acima do joelho com uma camiseta amarela, sem sutiã, meus peitos já estão bem grandinhos.
Deixei ele lá e fui para dentro de casa, enquanto caminhava olhava para tras, ele não tirava o olho de mim,
fiquei lavando a louça hora outra dava uma olhada pala janela, ele ficava o tempo todo olhando para porta,
peguei ele olhando pra cá e passando a mão no pau, como se estivesse pensando vem cá eu quero te comer, fiquei
com maior tesão, espiava pela janela e ficava me masturbando; daí tive uma ideia, tinha um tanque de lavar roupa
em frente ao galpão encostado na parede da casa, vou lá provocar ele, enrolei minha saia deixei bem curta, puxei minha
calcinha enfiei tudo que podia, fui lá no tanque lavar um pano, me curvei sobre o tanque, provavelmente tava com a bunda
toda de fora ! ficava olhando para tras, para ver quando ele ia ver eu assim, uma hora olhei ele estava me olhando tava louco,
eu só pensava vem tio vem me chupar todinha ! abri bem as pernas e me curvei, olhei para tras e dei um sorriso maroto,
ele começou a vir na minha direção, pensei vem tio é isto que estou querendo ! de repente senti uma mão entrando no meio
das minhas coxas, ele agarrou minha vagina ficou beijando minha nuca e falou, sua putinha safada é isto que você quer?
eu falei é sim me agarra passa a mão em mim me chupe, ele se ajoelhou e puxou minha calcinha, e ficava esfregando o rosto
na minha bunda, um momento ele abril ela com a mão e começou a lamber meu cú, depois ele abril a vagina e ficava
dando linguadas, estava gemendo de prazer ! ele me virou ergueu minha camiseta ficou agarrando meus peitos e chupava;
ele abril a calça e tirou o pau, e pediu para chupa-lo, eu agarrei aquele pau grosso parecia uma maria-mole, fiquei mamando
chupando, de repente o pau foi ficando duro e grande, fiquei assustada com o tamanho; ele me ergueu e mandou me
virar e debruçar sobre o tanque, senti uma coisa me penetrando tava doendo, ele enfiou tudo direto, eu só falava
ta doendo tio, ele falava vai passar logo e a garrava minha cintura e socava aquele pau grosso, agarrava meu cabelo puxava
minha cabeça para tras, senti a porra sendo despejada dentro da vagina, ele tirou o pau tava lambuzado de sangue,
fiquei assustada tava escorrendo porra e sangue da minha vagina ! ele falou logo vai parar depois ficamos nos limpando
no tanque.

Ao ir embora ele falou se você quiser outra vez eu te dou 60 reais, falei quero sim.
lembro fiquei com ardido na vagina uns 4 dias.
Aproximadamente 2 semanas depois sai da escola e andava na estrada com a minha amiga para pegar o ônibus, quem
surgiu atras de nós? o senhor Vitor com o caminhão, ele falou estou indo para sua casa pegar mais maçãs, quer uma carona?
me despedi da minha amiga e entrei no caminhão, quando vi os dois filhos estavam juntos com ele, sentei perto da porta,
alguns quilómetros a frente ele saiu da estrada principal, e pegou uma estradinha e parou o caminhão, falei porque parou aqui?
o filho que tava ao meu lado falou, meu pai contou tudo! nos também queremos te comer, você é uma putinha safada; o pai falou
vou te pagar os 60 reais que te falei, vai ser aqui dentro do caminhão? não respondeu ele sobe na carroceria ninguém
vai ver, a carroceria era alta e fechada; eu subi e os dois filhos dele também, me deitei eles me agarraram arrancaram minhas
roupas, um deles começou a me beijar na boca, agarrava meus peitos e chupava eles, o outro tava no meio das minhas pernas
chupava minha vagina desesperado, estavam todos afoitos, o pai tava dentro do caminhão, mandei um dos filhos deitar no chão
e trepei sobre ele, o pau foi entrando na minha vagina, e fiquei galopando ele, o outro agarrava minha bunda lambia meu cú
e lambia ao redor da minha vagina com o pau do outro dentro, de repente ele enfiou o pau no meu cú, tava tendo dupla
penetração! que delicia tava louca só falava soca filho da puta! depois ele falou quero tua vagina, eu saí de cima do irmão
fui para tras ele me agarrou pela cintura e penetrou na minha vagina, eu fiquei chupando o irmão dele, ele ejaculou dentro
da minha boca, engoli a porra toda, e lambi todo pau o outro ejaculou dentro da vagina, o pai subiu na carroceria
e falou terminaram? eles se vestiram e entraram no caminhão, eu estava pelada, o pai falou agora sou eu! tirou toda
roupa, fiquei de quatro ele deitou e me puxou para tras e ficou chupando minha vagina, ele estava chupando a porra
que estava escorrendo dela, depois montei no pau dele ele me abraçava, agarrava minha bunda, deitei sobre ele
rolamos na carroceria fiquei com o corpo todo sujo, estava toda suada e grudava tudo em mim.
chegando em casa, meu pai foi recebe-lo, ele falou dei uma carona para sua filha lá na estrada, meu pai que bom
que você fez isto, é muito perigoso tem um monte de gente mal intencionada.
eu me lembro depois disto eu não podia mais parar, eu mentia que ia me encontrar com as amigas no centro,
na verdade ia me prostituir em troca de dinheiro.

Quando completei 18 anos, falei para meus pais que arrumei um emprego em Balneário Camboriú, ia morar com
uma amiga, e o salário era muito bom, na verdade eu fui dividir um ap com uma garota de programa,
hoje ganho muito bem, cobro r$300,00 e tem hora que nem preciso transar é só fazer companhia para
um jantar, eventos ou festas.

5 comentarios "Como perdi meu cabaço"

  1. Ademor disse:

    Oi estéfane tudo bem posso sabe seu watts 41984598130

  2. Estéfani disse:

    Chupa tudo! enfia a lingua na minha buceta!

  3. Anônimo disse:

    Fiquei com vontade de chupar seu grelo.

  4. Estéfani disse:

    Estéfani

    Eu era mesmo uma putinha ! desde os 12 anos, agora sou uma putona rsrs

  5. Anônimo disse:

    olha o velho tinha razão.
    uma verdadeira putinha safada né? e pelo jeito muito gostosa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Selma Recife com dois coroas do sertão

Selma Recife com dois coroas do sertão

Para ler e escutar Acho que ainda não falei de forma enfática, mas quero abordar isso agora. Sou viciada em machos e caralhos diferentes, todo Brasil sabe, pois desde 2007 faço filmes e fotos de minhas aventuras. Aliás, meu marido quem faz os filmes e fotos, pois é um corno manso, conformado e feliz. Gosto […]

Fui arrombada no mato e gostei!

Fui arrombada no mato e gostei!

Oi amores! Sou a estéfani tenho 19 anos, moro em Santa Catarina, vou contar o que aconteceu em 2015 quando tinha 14 anos. Os nomes de terceiros vão ser mudados para não comprometer ninguém, só o meu nome é verdadeiro. Sexta feira a noite eu e minha irmã estamos no quarto, minha irmã é a […]

Africano fode o cu da minha esposa na minha frente

Africano fode o cu da minha esposa na minha frente

Bom dia a todos. Podem me chamarem do que quiserem, pois não ligo. Se quiserem me julgar, tudo bem. Se acham errado, fodam-se. Ser corno conformado foi a melhor coisa que me aconteceu até hoje. Quem acha que estou errado, pode até em casa ter uma mulher puta e nem sabe. Ainda. Pense nisso. Ou […]

Fodendo a gostosa mulher do corno

Fodendo a gostosa mulher do corno

Vou contar uma situação que aconteceu comigo quando tinha 23 anos, gosto muito de ir para interiores pois adoro o campo e fui com um amigo para sul de minas em uma cidade pequena na casa de uns parentes dele passar um feriado. Chegando lá fomo recebidos muito bem pela sua tia e tio, nos […]

Como ela aguentou isso na bunda?

Como ela aguentou isso na bunda?

Eu bem que avisei a minha esposa, que esse negócio de querer caralho muito e grande na bunda podia lascar o ânus dela. Mas palavra de corno é mesmo que nada. Na verdade, a culpa é minha. Há quatro anos pedi para ser corno. Exatamente isso. Entrei na internet e procurei o nome Selmaclub. Foi […]

Anal com cinco machos Selma e amigas

Anal com cinco machos Selma e amigas

Vejam nessas fotos as 14 camisinhas usadas por amigos nossos nesses dias. E veja as fotos dessa minha bunda e de minhas amigas, aqui em minha casa, na praia de Porto de Galinhas. E adoro marcar nessa casa com novos amigos que fazemos diariamente, pelo nosso chat. Eu e amigas estamos todas as manhãs e […]

O corno tem nojo dessa bunda

O corno tem nojo dessa bunda

Quem já viu meus contos e aventuras, com muitas fotos e filmes arriscados, sabe o quanto sou maluco por bundas. Principalmente a de esposa de amigos meus. É algo incontrolável que sinto. Principalmente as mulheres lindas, com bundas grandes e que usam calcinhas e biquínis socado no meio do rabo. Cheiro de bunda de mulher […]

Selma com dois peões sujos e dotados, na cama

Selma com dois peões sujos e dotados, na cama

Bom dia a todos. O Brasil inteiro sabe o quanto sou uma casada chifradeira. E como gosto de machos jovens e dotados, principalmente trabalhadores braçais. E meu marido sabe de tudo, claro. É o maior corno manso e conformado que existe no Brasil. Sem sombras de dúvida. Desde 2007 pediu para ser corno e hoje […]

Contos eróticos – A chifradeira de Paulista PE

Contos eróticos – A chifradeira de Paulista PE

Esse conto é uma colaboração da amiga Selma de Recife MILHARES DE AMOSTRAS DE FILMES, MEUS E DE MINHAS AMIGAS. TUDO TOTALMENTE FREE. VEJAM COMO TEM CORNOS E ESPOSAS CHIFRADEIRAS NESSE BRASIL. ACESSE: https://bit.ly/selmarecife

Conto erótico Você me chamou de dissimulado

Conto erótico Você me chamou de dissimulado

VOCÊ ME CHAMOU DE DISSIMULADO Autoria: Val Theo. Sei que você vai aproveitar essa oportunidade solene, para mais uma vez vir me dizer que eu não preciso contar nada disso. Vai me dizer que eu não preciso falar sobre o assunto nós dois juntos. Vai me dizer que eu não preciso escrever e nem falar […]

Minha primeira vez com um negro

Minha primeira vez com um negro

Meu nome é Estéfani, tenho 19 anos, sou de origem alemã moro em Santa Catarina. Tenho um conto real aqui no site, como eu transei pela primeira vez e virei garota de programa. Agora vou contar como eu transei pela primeira vez com um negro ele era da cidade de Luanda da África. Os nomes […]

Sempre quis ser corno

Sempre quis ser corno

Olá meu nome é Josué e minha esposa se chama shirley, mesmo antes de conhecer ela já tinha o fetiche de ser corno , e só fui realizar essa fantasia depois de oito anos de casados, na cama sempre fomos bem loucos e fodemos em todas as posições possíveis, pois sempre estamos olhando filmes pornos […]

A primeira vez no swing

A primeira vez no swing

Olá, Neste conto eu vou falar da minha primeira vez em uma casa de swing,tudo começou quando eu vi um anuncio no site de relacionamento que teria uma noite trans em uma casa de swing, e como eu estava de boa nesta semana e com muita vontade de transar não pensei duas vezes e decidir […]

Metendo a rola na coroa baixinha tesuda

Metendo a rola na coroa baixinha tesuda

Ola meu nome e J e tenho 19 anos, e faço faculdade em uma cidade longe da minha, quando cheguei à cidade fiquei maravilhado pelas belas mulheres que moram nessa cidade, quando fui atrás de uma casa para alugar, fiquei bobo com uma coroa gostosa que morava perto da casa que estava para alugar, mesmo […]

Conto erótico – Trepando com o chefe depois do horário

Conto erótico – Trepando com o chefe depois do horário

Meu nome é Angelica, sou loira, 1,70 alt, 56 kg, olhos verdes, cabelos longos e lisos, seios médios e durinhos, cintura fina, coxas grossas, bundinha empinada, sou fogosa e bem safadinha… Há umas três semanas comecei a trabalhar como secretaria em uma empresa de engenharia, apesar de não ter experiência, tenho muitas qualificações e o […]

Minha primeira vez no motel – Parte 2

Minha primeira vez no motel – Parte 2

Me chamo “A”, sou DJ, tinha 21 anos na época do ocorrido e morava na cidade de São Luís – Ma. Esse é meu quinto conto parte dois. Se você não leu meu conto anterior, só me mande um e-mail que prontamente irei disponibilizar os demais contos e quem sabe se conhecer. Após o chocolate […]

Minha primeira vez no motel – Parte 1

Minha primeira vez no motel – Parte 1

Me chamo “A”, sou DJ, tinha 21 anos na época do ocorrido e morava na cidade de São Luís – Ma. Esse é meu quinto conto dividido em duas partes. Se você não leu meu contos anteriores, só me mande um e-mail que prontamente irei disponibilizar os demais contos e quem sabe se conhecer. Após […]

A primeira vez da Cinthia

A primeira vez da Cinthia

A primeira vez da Cinthia – Bom este é meu primeiro conto…rsrs ai vem merda. Então me chamo Cinthia nome fictício ,tenho 23 anos e sou do interiorzao , tenho 1,49 de altura e uns 59 kilos ,uma bunda que chama bastante atenção ,sou tipo muito gostosinha e os caras piram ,nunca fui santinha ,mas […]

Foda gostosa no banheiro do aeroporto

Foda gostosa no banheiro do aeroporto

— Atenção senhores passageiros do voo JJ8706 com destino à Nova Iorque e conexões, informamos que seu voo encontra-se cancelado. Solicitamos que aguardem no saguão para novas informações e instruções. Penso comigo: Alessandro, mais uma viagem com emoção, você tem uma reunião daqui a 48 horas, precisa finalizar ainda alguns detalhes e seu voo é […]

Adorei ser corno

Adorei ser corno

Adorei ser corno,Moro em Sampa e já estou casado a alguns anos!! Mas meu casamento tem ido ladeira abaixo no que se diz respeito ao sexo! Não tenho muitas amizades mas minha mulher tem clientes em todo o bairro e ela sempre as visita a negócios. Muitas das vezes que ela sai, eu a acompanho […]