website statistics
Contos Eroticos ,fotos caseiras e o melhor do sexo amador

O dia que botei chifre no meu marido

em Contos eróticos com fotos Bucetuda Gostosas Caseiras Sexo Amador

Me chamo Mariana, tenho 32 anos, dois filhos, casada há cerca de 8 anos. Meu marido não é lá uma potencia na cama, mas da para o gasto. Nuca pensei em traí-lo, mas as coisas acontecem. Sou branca, 170 m, cabelos castanhos ondulados, seios fartos, coxas grossas;
enfim sei que sou bonita e que chamo a atenção.
Trabalho para um empresa multinacional e ocasionalmente tenho que viajar para convenções e cursos. Em um desses cursos fui a Curitiba, para passar 4 dias. Erámos um pequeno grupo, 4 mulheres e 4 homens. Notei que um dos colegas chamado Pedro não tirava os olhos de mim. Ele era alto, 185m, moreno, porte atlético, olhos castanhos claros, uma barba cheia e bem aparada, um belo exemplar masculino. Saímos todos para almoçar e Pedro sentou-se ao meu lado. Conversamos bastante, Pedro me fazia sentir bem. Sentia que ele me olhava de um modo diferente. No início disfarcei depois passei a corresponder aos seus olhares insinuantes.:
Pedro: Posso sentar?

Mariana: Sim.

Pedro: Sabe vc é uma mulher bonita, devia aproveitar mais a sua sensulidade.

Mariana: Como assim?

Pedro: Vc tem um rosto belo, mas vc é mais que um rosto bonito. Vc é uma mulher deve ter um colo bonito. Devia usar um decote a mais. Saber seduzir é uma arte.

Mariana: E quem disse que eu quero seduzir alguém?

Pedro: Toda mulher deve sair de casa com o desejo de seduzir, só assim ela vai realçar ainda mais a sua beleza. Se ela vai concretizar ou não essa sedução é outra história.

Com isso em mente no outro dia de trabalho coloquei um blusa mais decotada de seda transparente e com um soutien rendado. Pedro não tirou os olhos de mim. Não deixei de me abaixar sobre a sua mesa fazendo que o decote da minha blusa permitisse que ele visse todo os meus seios.
A tarde teríamos que visitar alguns clientes em dupla Pedro logo pediu ao nosso supervisor para irmos juntos.
No carro pedro passou a me elogiar e me falar como realmente tinha mostrado o quanto mulher eu era. Percebi que estava sendo cantada e lembrei-lhe que eu era casada.
Pedro respondeu: Eu sei. E eu também sou casado, mas isso não quer dizer que eu não admire uma bela mulher. Sorte do seu marido em deitar na sua cama. Um dia queria ter esta chance.
Fiquei ruborizada. Desconversei. Terminamos o nosso trabalho e retornamos ao nosso apart-hotel. No elevador Pedro me convidou para jantarmos juntos. Aceitei.
Queria demonstrar que sabia seduzir. Estavamos em dias frios Curitiba. Vesti uma calça de couro preta, colada desenhando o meu corpo com uma blusa de lã de gola rolê vermelha. Para não ficar marca na calça resolvi não usar calcinha.
Pedro vestia uma calça jeans bem acomodada em seu corpo uma camisa de botões e uma jaqueta de couro marrom. Fomos até uma casa de foundie. Comemos, bebemos, rimos. Estava bem à vontade com Pedro. Ele ficou a acariciara a minha mão e os meus cabelos. Voltamos ao apart-hotel, na garagem dentro do carro Pedro disse que queria me falar algo. Me disse que tinha sido um noite muito agradável e foi se aproximando e começou a me beijar. A sua barba roçando os meus lábios me deixou louca. Sentia um calor que invadia o corpo. Sua língua tocva a minha em movimentos que há muito tempo não fazia.
Subimos até o meu apartamento. No meu pensamento não passava transar com Pedro. Ele pediu para entrar e eu deixei. Sentamos no sofá. Voltamos a nos beijar. Pedro estava no controle da situação. O seu beijo tocando minha língua e sua barba nos meus lábios me alucinavam. Começou a beijar meu pescoço, e mais uma vez a sua barba me arranhando o pescoço me deixava louca.
Pedro tirou a sua jaqueta e sua camisa. Dizia no meu ouvido que ele estava sendo premiado com uma mulher tão linda. Ele tirou apenas meus sapatos beijou os meus pés, me carregou nos braços até o quarto deitou-me na cama. Deitou-se sobre mim. Suas mãos percorreram dentro da minha blusa de lã apertando os meus seios. Pedro tirou minha blusa e meu soutien. Sua boca me beijava boca, pescoço, seios, mamilos enquanto suas mãos abriam a minha calça. Ele meteu a mão e notou que eu estava sem calcinha, levando-o a comentar:
– Safadinha.
Pedro foi beijando minha barriga umbigo e finalmente me deixou nua sobre a cama. Entregue, pronta para o que quer que esse macho pedisse de mim.
Pedro começou a me chupar e me fez gozar em sua boca. Essa era a primeira vez que gozava deste modo, visto que meu marido não gosta de sexo oral.
Pedro perguntou se eu usava DIU e eu disse sim.
Ele ficou em pé ao lado da cama tirou a calça e a cueca e pulou uma pica de cerca de 23 cms, bem maior que a do meu marido.
Eu abri as pernas e Pedro pediu:
– Mariana, pega meu pau e coloca na sua buceta, vai.
Obedeci, e ele foi enfiando a sua vara me lascando toda. Sóde meter eu já gozei.
Pedro no movimento de vai vem, foi falando coisa ao meu ouvido e me fazendo falar coisas que eu nunca tinha falado.
Pedro: Vc quer minha pica?
Mariana: Quero. Quero sua pica toda. Mete
Pedro: E o corno do seu marido?
Mariana: Nem quero saber daquele #####, me fode.
Pedro gozou me inundando de #@$#$¨¨$.
Fomos ao banheiro tomamos banho. Pedro me colocou para chupar sua pica. Chupei com o melhor que pude. Fiquei de quatro e Pedro fudeu minha buceta por trás.
Nunca gozei tanto quanto nessa Viagem.
Na noite seguinte fudemos a noite toda até o cabaço do meu cú eu perdi.
O corno do meu marido, nada sabe. Depois dessa vez já tive algunda casos que poderei contar outro dia.

20 comentarios "O dia que botei chifre no meu marido"

  1. Jusci disse:

    Adoro sacanagem e sexo explícito. Mulheres safadas e coroas fogosas querem sexo bem gostoso me chamem no zap 11968116831

  2. Jusci disse:

    Olá tudo bem. Se o marido não corresponde me chamem no zap 11968116831. Adoro sacanagem

  3. Enzo disse:

    Olá.meu bem adorei o seu conto,entra em contato p a gente conversar.Meu nome é Enzo 71986026441 bjos

  4. Manoel disse:

    Sou negão 48 anos gostaria de te conhecer mulheres casadas liberada pelo marido que mora em Curitiba

  5. Jotha disse:

    Quero fuder vc casada querendo Pika w Pau diferente carinho e muito cheiroso 021998275183 Chama vai…

  6. Jumento disse:

    Alguma casada safada afim de fuder chama no zap, 71996581656

  7. Renato disse:

    Amo fuder as casadas gurdam segredos
    27998719653

  8. Paulo disse:

    Gostei de mais, ate mostrei pra minha mulher, pois eu acho que todos nós tenhe esse direito,e nosso relacionamento melhora muito

  9. Joceli disse:

    É isso mesmo Mariana, tem que foder com outros machos..a vida passa rapido, se não foder quando for ver está velha, e nimguem mais te quer..Eu tambem sou casada, e trepo com outros machos.

  10. José Carlos de Souza disse:

    Sou moreno claro cabelos pretos e lisos , coxas grossas 167cm e um belo pau de 23cm…moro no leste de minas e tenho disposição p/ viajar amo sair com casais… faço por prazer se algum casal de M.g , E.s ou Bahia quiser uma boa transa me chame no zap 33991904388

  11. Luciano Martins de Andrade disse:

    Sapopemba Rua flor da madrugada

  12. Quero casadas disse:

    Que delicia de conto… Precisando mudar o cardápio, estou por aqui.
    Bjoss
    Quero contato das safadinhas do Rio de Janeiro. Se for casada, melhor ainda. Quero fazer seu marido corno. 21 99882 2365.

  13. carlos gomes disse:

    Novinhas safadinhas e evangélicas safadinhas vamos gozar gostoso no sexo virtual deixo tua bucetinha toda gozadinha 02163992308344

  14. irineudo disse:

    Eu gozaria dentro dessa buceta que deve ser perfeita

  15. LUIZ C GANDIM disse:

    Muito bem escrita.

  16. Terezinho margues Brito disse:

    Gostosa safadinha gueria eu ter essa sorte ..gosar gostoso juntinho tezuda….

  17. Amaro Fernando disse:

    Amiga uma delicia

  18. Prof almeida disse:

    Que delicia

  19. jose roberto disse:

    minha delicia gostaria de ter uma sorte dessa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

No quarto do casal havia uma poltrona

No quarto do casal havia uma poltrona

Autoria: Val Theo No quarto do casal, quando ainda moravam lá na casa da vila, na primeira casa que eles compraram, além de uma poltrona, também havia uma rachadura. Assim, resolvi escrever sobre o dia em que a filha comentou com o pai, que o amigo da mamãe havia entrado lá no quarto deles. Ele […]

Selma e o técnico de tv

Selma e o técnico de tv

Acordei com vontade de dar a bunda e chamei esse técnico de tv aqui em meu apartamento. Foi exatamente isso. Quando acordo com vontade de dar a bunda é algo incontrolável mesmo. Sinto o ânus suado, quente e piscando. E logo ainda na cama, ao acordar. Não sei explicar esse tesão que tenho na bunda. […]

Selma Recife com dois coroas do sertão

Selma Recife com dois coroas do sertão

Para ler e escutar Acho que ainda não falei de forma enfática, mas quero abordar isso agora. Sou viciada em machos e caralhos diferentes, todo Brasil sabe, pois desde 2007 faço filmes e fotos de minhas aventuras. Aliás, meu marido quem faz os filmes e fotos, pois é um corno manso, conformado e feliz. Gosto […]

Fui arrombada no mato e gostei!

Fui arrombada no mato e gostei!

Oi amores! Sou a estéfani tenho 19 anos, moro em Santa Catarina, vou contar o que aconteceu em 2015 quando tinha 14 anos. Os nomes de terceiros vão ser mudados para não comprometer ninguém, só o meu nome é verdadeiro. Sexta feira a noite eu e minha irmã estamos no quarto, minha irmã é a […]

Africano fode o cu da minha esposa na minha frente

Africano fode o cu da minha esposa na minha frente

Bom dia a todos. Podem me chamarem do que quiserem, pois não ligo. Se quiserem me julgar, tudo bem. Se acham errado, fodam-se. Ser corno conformado foi a melhor coisa que me aconteceu até hoje. Quem acha que estou errado, pode até em casa ter uma mulher puta e nem sabe. Ainda. Pense nisso. Ou […]

Fodendo a gostosa mulher do corno

Fodendo a gostosa mulher do corno

Vou contar uma situação que aconteceu comigo quando tinha 23 anos, gosto muito de ir para interiores pois adoro o campo e fui com um amigo para sul de minas em uma cidade pequena na casa de uns parentes dele passar um feriado. Chegando lá fomo recebidos muito bem pela sua tia e tio, nos […]

Como ela aguentou isso na bunda?

Como ela aguentou isso na bunda?

Eu bem que avisei a minha esposa, que esse negócio de querer caralho muito e grande na bunda podia lascar o ânus dela. Mas palavra de corno é mesmo que nada. Na verdade, a culpa é minha. Há quatro anos pedi para ser corno. Exatamente isso. Entrei na internet e procurei o nome Selmaclub. Foi […]

Anal com cinco machos Selma e amigas

Anal com cinco machos Selma e amigas

Vejam nessas fotos as 14 camisinhas usadas por amigos nossos nesses dias. E veja as fotos dessa minha bunda e de minhas amigas, aqui em minha casa, na praia de Porto de Galinhas. E adoro marcar nessa casa com novos amigos que fazemos diariamente, pelo nosso chat. Eu e amigas estamos todas as manhãs e […]

O corno tem nojo dessa bunda

O corno tem nojo dessa bunda

Quem já viu meus contos e aventuras, com muitas fotos e filmes arriscados, sabe o quanto sou maluco por bundas. Principalmente a de esposa de amigos meus. É algo incontrolável que sinto. Principalmente as mulheres lindas, com bundas grandes e que usam calcinhas e biquínis socado no meio do rabo. Cheiro de bunda de mulher […]

Selma com dois peões sujos e dotados, na cama

Selma com dois peões sujos e dotados, na cama

Bom dia a todos. O Brasil inteiro sabe o quanto sou uma casada chifradeira. E como gosto de machos jovens e dotados, principalmente trabalhadores braçais. E meu marido sabe de tudo, claro. É o maior corno manso e conformado que existe no Brasil. Sem sombras de dúvida. Desde 2007 pediu para ser corno e hoje […]

Contos eróticos – A chifradeira de Paulista PE

Contos eróticos – A chifradeira de Paulista PE

Esse conto é uma colaboração da amiga Selma de Recife MILHARES DE AMOSTRAS DE FILMES, MEUS E DE MINHAS AMIGAS. TUDO TOTALMENTE FREE. VEJAM COMO TEM CORNOS E ESPOSAS CHIFRADEIRAS NESSE BRASIL. ACESSE: https://bit.ly/selmarecife

Conto erótico Você me chamou de dissimulado

Conto erótico Você me chamou de dissimulado

VOCÊ ME CHAMOU DE DISSIMULADO Autoria: Val Theo. Sei que você vai aproveitar essa oportunidade solene, para mais uma vez vir me dizer que eu não preciso contar nada disso. Vai me dizer que eu não preciso falar sobre o assunto nós dois juntos. Vai me dizer que eu não preciso escrever e nem falar […]

Minha primeira vez com um negro

Minha primeira vez com um negro

Meu nome é Estéfani, tenho 19 anos, sou de origem alemã moro em Santa Catarina. Tenho um conto real aqui no site, como eu transei pela primeira vez e virei garota de programa. Agora vou contar como eu transei pela primeira vez com um negro ele era da cidade de Luanda da África. Os nomes […]

Sempre quis ser corno

Sempre quis ser corno

Olá meu nome é Josué e minha esposa se chama shirley, mesmo antes de conhecer ela já tinha o fetiche de ser corno , e só fui realizar essa fantasia depois de oito anos de casados, na cama sempre fomos bem loucos e fodemos em todas as posições possíveis, pois sempre estamos olhando filmes pornos […]

Como perdi meu cabaço

Como perdi meu cabaço

Como perdi meu cabaço Oi meus amores!. Meu nome é Estéfani, tenho 19 anos, sou de origem alemã, moro em Santa Catarina. Vou contar como iniciei minha vida sexual, e me tornei uma acompanhante de luxo, (garota de programa) os nomes de terceiros que irei citar são ficticios para não comprometer ninguém. Vamos voltar a […]

A primeira vez no swing

A primeira vez no swing

Olá, Neste conto eu vou falar da minha primeira vez em uma casa de swing,tudo começou quando eu vi um anuncio no site de relacionamento que teria uma noite trans em uma casa de swing, e como eu estava de boa nesta semana e com muita vontade de transar não pensei duas vezes e decidir […]

Metendo a rola na coroa baixinha tesuda

Metendo a rola na coroa baixinha tesuda

Ola meu nome e J e tenho 19 anos, e faço faculdade em uma cidade longe da minha, quando cheguei à cidade fiquei maravilhado pelas belas mulheres que moram nessa cidade, quando fui atrás de uma casa para alugar, fiquei bobo com uma coroa gostosa que morava perto da casa que estava para alugar, mesmo […]

Conto erótico – Trepando com o chefe depois do horário

Conto erótico – Trepando com o chefe depois do horário

Meu nome é Angelica, sou loira, 1,70 alt, 56 kg, olhos verdes, cabelos longos e lisos, seios médios e durinhos, cintura fina, coxas grossas, bundinha empinada, sou fogosa e bem safadinha… Há umas três semanas comecei a trabalhar como secretaria em uma empresa de engenharia, apesar de não ter experiência, tenho muitas qualificações e o […]

Minha primeira vez no motel – Parte 2

Minha primeira vez no motel – Parte 2

Me chamo “A”, sou DJ, tinha 21 anos na época do ocorrido e morava na cidade de São Luís – Ma. Esse é meu quinto conto parte dois. Se você não leu meu conto anterior, só me mande um e-mail que prontamente irei disponibilizar os demais contos e quem sabe se conhecer. Após o chocolate […]

Minha primeira vez no motel – Parte 1

Minha primeira vez no motel – Parte 1

Me chamo “A”, sou DJ, tinha 21 anos na época do ocorrido e morava na cidade de São Luís – Ma. Esse é meu quinto conto dividido em duas partes. Se você não leu meu contos anteriores, só me mande um e-mail que prontamente irei disponibilizar os demais contos e quem sabe se conhecer. Após […]

website statistics